Do MS Project 2007 para o MS Project 2010: o que mudou?

Se você está mudando do MS Project 2007 para o MS Project 2010, perceberá algumas novidades nesta nova versão do software da Microsoft. São mudanças de interfaces e inclusão de novas funcionalidades que tornam o MS Project 2010 ainda mais poderoso.

A lista de novidades para quem está migrando da versão 2007 para a versão 2010 inclui:

1. A Ribbon (ou Microsoft Office Fluent Interface): uma Ribbon pode ser encarada como uma interface acionada através de Guias (ou Tabs) e que apresentam uma série de comandos agrupados por categorias. Esta funcionalidade já existia em softwares do Office 2007 como Word e Excel e passa a existir agora na versão 2010 do MS Project, aumentando e melhorando a integração com o usuário da ferramenta e tornando-a mais “user friendly”.

01

Figura: Guias (Tabs) e os Ribbons associados com os grupos de comando.
clique na imagem para ampliar

Com ela, os menus e toolbars que existiam na versão 2007 são substituídos pelas Tabs (ou Guias) e Ribbons associadas às Tabs, com seus grupos de comandos.

2. A Backstage view. Todas as ferramentas que você utilizaria para trabalhar em seus MPPs estão acessíveis em um único lugar. É uma parte específica do que chamamos Microsoft Office Fluent Interface, comum em outras aplicações do Office 2010 como Word, Excel, etc. Basicamente, a visão Backstage agrega opções de customização e compartilhamento, além de comandos essenciais para o gerenciamento de seus MPPs como por exemplo, os comandos Abrir, Novo e Salvar.

02

Figura: Backstage view

3. Criação do Modo de Agendamento Manual (ou Manually Scheduled) para as atividades. Esta opção permite criar atividades com qualquer informação que você queira (permite inserir textos e números na mão nas colunas duração, início e término). Isso quer dizer que no modo de agendamento manual, as atividades não serão afetadas em duração, datas de início e término, dependências ou outras questões que poderiam influenciar na mudança de agendamento.

Outra opção interessante é que este ajuste do modo de agendamento (manual ou automático) pode ser feito pontualmente em uma atividade ou para o projeto inteiro

Em outras palavras, o modo de agendamento manual transforma o MS Project 2010 em um Excel, dando liberdade para o usuário trabalhar os dados da maneira que desejar.

image

No modo Agendamento Automático, que já existia no seu antecessor, o conceito de cronograma dinâmico é mantido; ou seja, as datas são consequências do tipo de dependência entre as atividades e das durações dessas atividades. Além, é claro, dos recursos alocados (principalmente no caso de atividades do tipo dirigida ao esforço)

04

03

4. O Modo de Exibição Timeline. Trata-se de um modo de exibição que inclui atividades sumárias, atividades e marcos que você escolhe por exibir nesta linha do tempo. Desta forma, com o MS Project 2010, é fácil criar uma linha do tempo para incluir em suas apresentações.

07

08

5. Melhor integração entre as ferramentas MS Project e seus primos do pacote Office (Word, Excel, etc). Esta melhor integração para por uma melhor forma de recortar e colar do MS Project para esses softwares, preservando por exemplo os título das das colunas e a estrutura hierárquica do projeto. No seu antecessor, o label das colunas não era transferido, enquanto que a estrutura hierárquica era perdida, sendo necessária uma macro no excel para arrumar a casa.

06

05

6. Ribbon personalizado. O usuário do MS Project 2010 pode criar sua própria Guia (Tabs) e os grupos dentro do Ribbon associado.

7. Campos personalizados. Entre com dados na coluna mais à direita da planilha de entrada (Adicionar Nova Coluna) e dê enter após o input.

image

A coluna é criada automaticamente com o tipo de certo de dados; ou seja, o MS Project 2010 interpreta o tipo de dado colocado pelo usuário e cria uma coluna personalizada do tipo identificado.

image

8. Melhorias significativas no Auto Filtro, com interface semelhante ao MS Excel.

image

9. Possibilidade de salvar o projeto como arquivo PDF e XPS diretamente do MS Project.

image

10. Novo modo de exibição Planejador de Equipe (ou Team Planner). Este novo modo de exibição, existente apenas na versão Project Professional, possibilita a realocação de tarefas de um recurso para outro recurso com apenas arrastando.

image

image
11. Novo conceito de atividades inativas. Este novo recurso é muito importante e fazia falta em seu antecessor. Por diversas vezes uma atividade deixa de existir no planejamento original. Entretanto, para efeito de histórico do projeto, queremos manter esta atividade no plano.

Manter as atividades inativas implica em garantir que elas não afetarão o cronograma como um todo, mas estarão disponíveis caso se tornem ativas novamente.

image

12. Integração com a lista de tarefas do Sharepoint (apenas na versão professional). Esta nova versão do MS Project permite a publicação e sincronismo de tarefas (atividades) entre o MS Project e uma nova lista do MS Sharepoint chamada Project Task List.

Na primeira versão do MS Project 2010, havia uma limitação que só possibilitava o sincronismo de atividades do tipo “agendamento manual”. Com o Service Pack 1 do MS Project 2010 é possível o sincronismo de atividades do tipo agendamento automático.

12 

Espero que tenham gostado do post.

Até o próximo!

Print Friendly